terça-feira, 6 de dezembro de 2016

"19 CONVOCADOS PARA A CHAMPIONS"


O Sport Lisboa e Benfica recebe esta terça-feira, pelas 19h45, a formação do Nápoles, na 6.ª e derradeira jornada da Fase de Grupos da Liga dos Campeões.
Após a Conferência de Imprensa, Rui Vitória divulgou a convocatória para o jogo frente à formação italiana e são 19 os atletas chamados.
Lista de convocados
Guarda-redes – Ederson e Júlio César;
Defesas – Lisandro, Luisão, Lindelöf, Jardel, André Almeida e Nélson Semedo;
Médios – Fejsa, Samaris, Carrillo, Salvio, Pizzi, F. Cervi, Rafa e Celis;
Avançados – Raúl, Mitroglou e Gonçalo Guedes.
O SL Benfica – Nápoles tem início às 19h45 de terça-feira, no Estádio da Luz. O árbitro será o espanhol Mateu Lahoz.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

ESPANHOL ARBITRA BENFICA - NÁPOLES


Antonio Mateu Lahoz arbitra Benfica-Nápoles

A UEFA nomeou este domingo o espanhol Antonio Mateu Lahoz para o jogo de terça-feira em que o Benfica recebe o Nápoles, de Itália, na sexta e última jornada do Grupo B da Liga dos Campeões de futebol.
Internacional desde 2011, Mateu Lahoz, que esteve em setembro em Basileia na derrota de Portugal com a Suíça (2-0), no arranque da qualificação para o Mundial2018, vai cruzar-se com o Benfica pela segunda vez.
Na temporada 2012/13, foi o árbitro no triunfo da equipa lisboeta na Alemanha sobre o Bayer Leverkusen, por 1-0, em jogo dos 16 avos de final, numa edição em que os 'encarnados' viriam a ser finalistas da competição.
Na época passada, o juiz espanhol arbitrou o encontro que resultou na vitória do FC Porto sobre o Chelsea por 2-1, na fase de grupos da ‘Champions’, e esteve ma goleada por 4-2 do Sporting na visita ao Lokomotiv Moscovo, na fase de grupos da Liga Europa.
Em 2014/15 dirigiu o encontro da fase de grupos da Liga dos Campeões em que o Sporting e foi derrotado em Alvalade pelo Chelsea, por 1-0, e em 2011, no seu ano de estreia como internacional, 'apitou' um particular que acabou com goleada de Portugal sobre o Luxemburgo por 5-0.
Desta vez estará num encontro em que Benfica e Nápoles, primeiro e segundo do grupo B, ambos com oito pontos, disputam a presença nos oitavos de final da Liga dos Campeões tendo a concorrência do Besiktas, da Turquia, que segue na terceira posição, com menos um ponto, e que visita o Dínamo de Kiev, último, com dois pontos.

TEMOS ALGO A DIZER NA LIGA DOS CAMPEÕES

                                         

"JOGO COM O NÁPOLES SERÁ COMO UMA FINAL"


Para Ederson, o sucesso do Benfica muito se deve à forma como o treinador Rui Vitória conduz a equipa.

«Tem sido uma evolução muito positiva sob o comando do treinador. A equipa cresce a cada dia que passa. Uma coisa que fica clara com Rui Vitória é que todos os jogadores são importantes para o grupo. Passa-nos confiança, sabendo que mesmo os que estão no banco podem entrar a qualquer momento e resolver o jogo. Isso é muito importante porque os jogadores sentem-se motivados para treinar e para jogar», disse o brasileiro em entrevista ao site da UEFA.

«Tem sido importante para o nosso crescimento. A boa campanha que estamos a protagonizar nesta competição é fruto do nosso crescimento, e penso que podemos crescer ainda mais», rematou.

Determinantes no crescimento de Ederson foram ainda Júlio César e Paulo Lopes.

«Júlio César juntamente com o Paulo Lopes, têm sido fundamentais no meu crescimento e desenvolvimento. Aprendo bastante com eles, são muito importantes para a minha evolução. Cada dia tento evoluir mais e sempre olhando para os dois, que têm muita experiência e tentam passar-ma, o que é muito importante», referiu.

O guarda-redes Ederson antecipou o duelo desta terça-feira com o Nápoles, decisivo nas contas do apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões.

«Vai ser como uma final para nós. Queremos passar a os oitavos de final e só a vitória interessa para dependermos apenas de nós. O empate com o Besiktas teve aspetos negativos e positivos. São coisas que acontecem no futebol. O jogo só termina quando árbitro apita pela última vez e infelizmente estávamos a vencer por 3-0 e terminámos com um empate. Mas isso vai servir de lição para o futuro», disse ao site da UEFA, lembrando que o facto de jogar na Luz é um fator a favor do Benfica:

- O ambiente no nosso estádio é sempre incrível, tanto nos jogos das competições europeias como nas provas nacionais. Os adeptos apoiam-nos sempre e têm sido fundamentais para o nosso sucesso, assumindo-se como um autêntico 12.º jogador. Mesmo quando perdemos incentivam-nos. Recordo-me de um jogo em que estávamos a perder e todos nos apoiaram de pé. Foi um motivo de muito orgulho para toda a equipa. 

O guarda-redes Ederson, do Benfica, frisou que não está, por agora, a pensar em deixar o clube.

«Na verdade, não estou a pensar no futuro nem em objetivos a longo prazo. Prefiro concentrar-me no presente. Mas recordo-me que, quando saí do Benfica [ndr. para o Rio Ave], estabeleci como objetivo regressar. Consegui e, por isso, agora quero apenas dar o máximo por este clube. O resto logo se verá», confessou o brasileiro em entrevista ao site da UEFA.


CAPAS DO DIA


"SEMPRE ENTRE OS MELHORES, O RESTO É INVEJA"



A Formação do SL Benfica e a forma como o Clube trabalha os jovens talentos está, mais uma vez, na imprensa internacional. A edição de novembro/dezembro da revista francesa Vestiaires dedicou 20 páginas ao Caixa Futebol Campus.
Uma revista direcionada a treinadores, que promove a análise da teoria de treino levou dois jornalistas a visitarem o Caixa Futebol Campus por altura de comemoração do 10.º aniversário.
“É uma reportagem muito completa, que retrata bem aquilo que é a nossa filosofia da Formação e aquilo que nós fazemos todos os dias. A nossa metodologia, a forma como nos identificamos com os processos de formação e com os objetivos do Clube. Dá um retrato bem aproximado do que nós pensamos e fazemos”, disse João Santos, coordenador de Formação do Caixa Futebol Campus, em declarações à BTV.
Com o objetivo de dar a conhecer aquilo que é feito na Formação do SL Benfica, durante 20 páginas, é explicado todo o trabalho de treinadores e equipa técnica nos vários níveis de Formação. São ainda mencionados os vários centros de treino espalhados pelo País, assim como um apontamento ao 360s - uma ferramenta cientifica e tecnológica que tem como objetivo desenvolver as competências individuais dos atletas, permitindo aos mesmos, melhorar e aumentar a rapidez de decisão, aperfeiçoar a técnica individual e recuperar de lesões.
“Podemos não ser a formação da moda, mas somos de certeza uma das academias mais referenciadas da Europa e uma das mais seguidas e mais estudadas. Somos, de certeza, uma das referências”, reforçou João Santos.
Esta grande reportagem termina com uma extensa entrevista ao diretor-geral do Caixa Futebol Campus, Nuno Gomes, que, agora à BTV, fez uma apreciação à publicação.
“É com orgulho que dei esta entrevista e que se falou do nosso Clube. É um sinal de que reconhecimento porque é uma revista com ligação à Formação e virada para aquilo que são os modelos de jogo e a metodologia de treino. É destinada, acima de tudo, a treinadores de futebol e é um orgulho para nós termos sido escolhidos para esta edição”, afirmou.
“Quiseram conhecer ao mais ínfimo detalhe tudo aquilo que nós fazemos, tudo aquilo que proporcionamos aos nossos atletas, assistiram a treinos e o feedback que tenho tido é que é um reconhecimento internacional importante para o Clube. É um reconhecimento que nos leva a querer fazer sempre mais e melhor”, acrescentou.
Mais uma prova do reconhecimento, da qualidade e do trabalho que tem sido feito no Caixa Futebol Campus e que tem eco na imprensa internacional.

domingo, 4 de dezembro de 2016

BILHETES ESGOTADOS PARA O BENFICA-SPORTING


O Benfica anunciou, no seu site oficial, que o dérbi com o Sporting, agendado para o próximo domingo (18 horas), vai ter lotação esgotada. Os bilhetes para o principal encontro da 13.ª jornada já foram todos vendidos, o que significa que na Luz estarão sensivelmente 64 mil espectadores para assistir a um jogo onde está em discussão a liderança da Liga NOS.

Este era já um cenário esperado, devido não só à importânca do encontro mas também pela rivalidade que está sempre presente nos duelos entre águias e leões.

FC PORTO E BENFICA EMPATAM NO CLÁSSICO DOS "BÊS"


O FC Porto colocou-se na frente do marcador com um golo do capitão Francisco Ramos, aos 30 minutos, e já perto do final, aos 82 minutos, Gilson repôs a igualdade e fez o resultado final.
O FC Porto B e o Benfica B empataram este domingo 1-1, em encontro da 17.ª jornada da 2.ª Liga, aumentando assim a série sem vitórias de ambas equipas na competição.
O FC Porto colocou-se na frente do marcador com um golo do capitão Francisco Ramos, aos 30 minutos, e já perto do final, aos 82 minutos, Gilson repôs a igualdade e fez o resultado final.
Os dragões demoraram cerca de 15 minutos até assentarem na partida e encontrarem o próprio ritmo, tendo o Benfica B, nesse período inicial, explorado as costas dos laterais portistas com ações individuais, principalmente por Diogo Gonçalves.
A história do primeiro tempo começou a mudar a partir dos 18 minutos, num cabeceamento de Areias à figura de André Ferreira, dupla que protagonizou um duelo interessante, com o guardião a negar o golo ao avançado numa bela defesa dois minutos mais tarde, e, pouco tempo depois, o avançado desvia de calcanhar muito perto do poste.
Aos 28 minutos, num livre de Govea cobrado rapidamente, Kayembe solto na grande área cruza forte e a meia altura, não encontrando ninguém. Porém, a receita para o golo estava dada e, dois minutos depois, um canto batido da mesma forma e com os mesmos protagonistas, abriu o marcador.
Govea passa para Kayembe, apanhando a defesa benfiquista em contra-pé, tendo o extremo belga fintado um adversário e passado para Francisco Ramos, que, com um remate colocado, colocou no fundo das redes.
O FC Porto B continuou a pressionar o Benfica B, que sentiu muitas dificuldades nas alas e na construção de jogo, e podia ter alargado a vantagem num remate forte de Varela, para mais uma intervenção de grande nível de André Ferreira.
As águias entraram na segunda dispostas a mudar o rumo dos acontecimentos, criando duas oportunidades de golo nos primeiros dois minutos, ambas protagonizadas por Jovic, que na primeira cruzou contra Chidozie e a bola embateu no poste, e na última desviou de calcanhar para fora.
O Benfica B continuou em busca do golo, com Romário a desperdiçar uma oportunidade flagrante aos 75 minutos, depois de uma bela jogada coletiva.
O empate surgiu pouco tempo depois, num livre de Pêpê, ainda perto do meio campo, batido ao segundo poste, onde surgiu Gílson Costa a desviar para o fundo das redes.
Já ao cair do pano, aos 90+2 minutos, o FC Porto B poderia ter feito o golo da vitória, mas Palmer-Brown, em desequilibro, não conseguiu desviar o cruzamento de Govea para a baliza.
Jogo realizado no Estádio Dr. Jorge Sampaio, em Vila Nova de Gaia.
FC Porto B-Benfica B, 1-1.
Ao intervalo: 1-0.
Marcadores: 1-0, Francisco Ramos, 30 minutos; 1-1, Gilson, 82.
FC Porto B: João Costa, Fernando Fonseca, Chidozie, Palmer-Brown, Inácio, Govea, Fede Varela (Rui Pires, 69), Francisco Ramos, Rúben Macedo (Raúl, 73), Areias (Ismael, 85) e Kayembe.

Suplentes: Gudiño, Verdasca, Rodrigo, Graça, Ismael, Raul e Rui Pires.

Treinador: Ferreirinha Tavares.
Benfica B: André Ferreira, Alan Benitez, Ferro, Kalaica, Yuri Ribeiro, Pêpê, Gilson, Dálcio (Saponjic, 77), Heri (Romário, 62), Diogo Gonçalves (João Escoval, 86) e Luka.

Suplentes: Zlobin, Saponjic, Romário, Pedro Amaral, João Escoval, Pipo e Luquinhas.

Treinador: Hélder Cristóvão.
Árbitro: Gonçalo Martins (AF Vila Real).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Dálcio (24), Benitez (29), Chidozie (67), Diogo Gonçalves (67), Kayembe (67), Kalaica (74), Pêpê (78) e Fernando Fonseca (82).
Assistência: 1.148 espetadores.

BENFICA - SA MÉRIGNAC, 7-2


EQUIPA FEMININA APURA-SE PARA OS “QUARTOS” DA TAÇA EUROPEIA

A equipa feminina de hóquei em patins apurou-se, este sábado, para os quartos de final da Taça Europeia depois de bater, na Luz, o SA Mérignac por 7-2.
Depois da vantagem no primeiro jogo da pré-eliminatória – cinco golos sem resposta, em França – a formação liderada por Paulo Almeida voltou a mostrar a sua superioridade, desta vez em casa. Ao intervalo, as encarnadas já venciam por 4-1 com golos de Marlene Sousa (3) e Macarena Ramos.
                

No segundo tempo, Marlene Sousa, Rita Lopes e Ana Arsénio estabeleceram o resultado final em 7-2.
Nos quartos de final da competição, o SL Benfica vai jogar com as também francesas do US Coutras. A primeira mão está marcada para 21 de janeiro e a segunda para 18 de fevereiro.
Recorde-se que as encarnadas venceram uma Taça Europeia em 2014/2015, logo na primeira participação, tendo sido o primeiro e único clube não-espanhol campeão da Europa.
Paulo Almeida fez alinhar de início: Maria Vieira, Inês Vieira, Rita Lopes, Rute Lopes e Marlene Sousa.

CAPAS DO DIA : PASQUINS EM DELÍRIO