quarta-feira, 20 de junho de 2018

BENFICA VENCE DÉRBI COM MUITA CABEÇA E CORAÇÃO


FUTSAL
O Benfica venceu o Sporting por 3-2 e empatou a final do Campeonato Nacional de futsal: 1-1. O terceiro jogo da decisão acontece às 19h45 de domingo.
Com uma atuação à campeão, o Benfica bateu o Sporting por 3-2 no segundo desafio da final do Campeonato Nacional de futsal e empatou a decisão para apurar o campeão: 1-1.
Um Benfica incisivo no ataque na abertura do dérbi foi recompensado logo aos 3’: golo com assinatura de Robinho (1-0). Grande ambiente no Pavilhão Fidelidade!
As águias controlavam o jogo quando foram surpreendidas por um lance rápido do Sporting pelo seu lado esquerdo, com Fortino a disparar cruzado e a empatar o desafio: 1-1 aos 6’.
No minuto seguinte, Merlim foi feliz no remate e adiantou os leões no marcador: 1-2.
A equipa benfiquista não se deixou perturbar e continuou a racionalizar as suas ações, procurando o empate sem se desequilibrar. Um remate de Fábio Cecílio raspou no ferro e um tiro de André Coelho, a três minutos do descanso, foi devolvido pelo poste.

Ao intervalo, a estatística refletia a atitude do Benfica na quadra: 26 remates efetuados contra 13 do rival.
Os encarnados mantiveram a segurança no segundo tempo e aumentaram a pressão, forçando o 2-2, que foi alcançado aos 28’ por Bruno Coelho no aproveitamento de um penálti cometido sobre Deives.
Raúl Campos
Cerebral na gestão das emoções, o Benfica construiu o 3-2 ao minuto 38, com Robinho a procurar Raúl Campos e este a provocar uma fenda, da esquerda para o meio, finalizando o lance com um remate de pé direito em posição frontal, não dando chances a André Sousa.
Nos últimos instantes do dérbi, com cabeça e coração os comandados de Joel Rocha seguraram a vantagem e empataram a final: 1-1.
terceiro jogo da decisão (à melhor de cinco) disputa-se às 19h45 de domingo, dia 24 de junho, no Pavilhão João Rocha.
Joel Rocha
JOEL ROCHA: “DEDICAÇÃO, EMPENHO E QUALIDADE”
FUTSAL

Está empatada a final do play-off da Liga Sport Zone. Vitória justa do Benfica nesta quarta-feira, num Pavilhão verdadeiramente ao rubro.
SL Benfica e Sporting CP protagonizaram mais um grande dérbi de Futsal. As águias estiveram em vantagem, viram-se a perder, contudo, empurrados pelo apoio das bancadas, concretizaram a reviravolta, vencendo, por 3-2. Está empatada a eliminatória… tudo em aberto!
No final da partida, Joel Rocha considerou que esta foi uma vitória justíssima e digna, enaltecendo a importância da presença massiva da Família Benfiquista num Pavilhão ao rubro.

O Pavilhão foi um verdadeiro, autêntico e puro Inferno da Luz, e conseguiu ter a capacidade de nos contagiar para dentro do campo. Os meus jogadores tiveram uma dedicação notável, um empenho de altíssimo nível e conseguimos ter qualidade. No meu entender fomos uns dignos vencedores, num jogo mais uma vez equilibrado. Já o jogo um tinha sido, hoje foi igual e no próximo domingo sê-lo-á novamente”, analisou o técnico aos microfones da televisão do Clube.
Parabéns aos nossos adeptos, ao púbico, ao Pavilhão inteiro… É arrepiante estar aqui numa quarta-feira à noite e sentir esta paixão pelo Benfica. E nós traduzimos essa paixão no jogo,nos 40 por 20. Os meus jogadores foram brilhantes, vitória justa e a final está empatada”, disse de forma taxativa e emocionada.
A fechar, um repto para o jogo 3 que terá lugar no domingo, às 19h45, no Pavilhão João Rocha: “Encham todos os lugares disponíveis no Pavilhão.”
Raul Campus
Raúl Campos marcou no jogo 1… e nesta quarta-feira foi determinante ao assinar o terceiro golo das águias, um golo que significou o triunfo no jogo e o empate na eliminatória.

“Ambiente incrível! Vamos dar tudo por esta camisola. No domingo, tal como hoje, queremos fazer novamente um grande jogo e vamos dar tudo por este Clube e por estes adeptos”, afirmou Raúl à BTV.

“DEIXAR TUDO EM PISTA PELA CAMISOLA DO BENFICA”


HÓQUEI EM PATINS
O avançado argentino escolheu os encarnados por “lutar por todos os títulos” e aos adeptos deixou uma promessa…
Lucas Ordoñez chegou do Barcelona para reforçar o ataque da equipa de hóquei em patins do Benfica. Em conferência de Imprensa de apresentação respondeu às questões colocadas pela Comunicação Social depois de, momentos antes, ter estado com o presidente, Luís Filipe Vieira, na SAD.
“Quero agradecer pela confiança que depositaram em mim. Chego com a ambição que tenho desde miúdo que é jogar e ganhar. Venho para um clube vencedor. Estou com muita vontade de estar com a equipa para que possamos cumprir os objetivos da temporada”, começou por afirmar.
O internacional argentino jogou em Espanha e Itália e explicou as razões para ter assinado pelos encarnados.
É um clube grande em todos os sentidos. Nada a fica a dever ao Barcelona e estou com muita vontade de que comece a temporada para que possa dar tudo pelo Clube. Decidi vir para o Benfica porque luta por todos os títulos”, sublinhou.
Lucas Ordoñez
Ordoñez aproveitou, ainda, para pisar o relvado do Estádio da Luz e mostrou-se impressionado.
“É uma alegria imensa estar neste grande clube. Estou muito feliz por estar neste lindo Estádio [da Luz] e com muita vontade de começar esta nova etapa da minha carreira”, frisou.
Na Luz vai encontrar Carlos Nicolía, amigo pessoal e colega de seleção. Juntos foram Campeões do Mundo pela Argentina, em 2015.
“Sou muito amigo do Carlitos [Nicolía]. A minha decisão de vir para o Benfica deixou-o contente. Estamos a falar de um grande clube e o meu ingresso no Benfica pôde acontecer este ano. Estou muito ansioso por jogar com ele e com os restantes companheiros para ajudar nas metas que a equipa quer alcançar”, disse, revelando outra curiosidade que os une: “Tal como Carlitos, também sou adepto do Boca Juniors e tento não perder nenhum jogo.”
Instado a dar-se a conhecer aos Benfiquistas, Lucas Ordoñez assumiu que não é fácil falar sobre ele, mas considerou-se um atleta que olha para o coletivo.
“É sempre difícil falar de mim. Sou um jogador de equipa, que dá tudo em pista. Sou um atacante e gosto muito da componente ofensiva, mas também ajudo na parte defensiva”, revelou.
Lucas Ordoñez
Prometo deixar tudo em pista por esta camisola em cada jogo e treino, e lutar por títulos pois temos uma grande equipa para podermos fazê-lo”, acrescentou.
A decisão de vir para o Benfica foi tomada em família, mas o ex-culé admitiu que poder jogar na mesma equipa de Nicolía ajudou.
“No momento em que estava a pensar com a minha família, decidimos em conjunto qual seria a melhor decisão. Em anos anteriores já tinha falado com pessoas do Benfica sobre a possibilidade de vir. Quando percebi que poderia ser esta época, decidi logo aceitar. Nicolía também teve influência na minha decisão, bem como as ambições do Clube e a vontade que o Benfica sempre demonstrou em ter-me”, considerou.
O campeonato português também mereceu elogios por parte de Ordoñez, que o considerou muito competitivo.
“O nível que tem atualmente torna-a numa das melhores ligas do mundo. É muito competitiva e só se sabe o vencedor na última jornada. Está a apostar na subida de nível e isso vê-se nas equipas que têm estado nas finais europeias. Venho com expectativas positivas de jogar e desfrutar do campeonato português”, enfatizou.

Lucas Ordoñez

Domingos Almeida Lima: “Queremos que continue a ganhar pelo Benfica”

Na apresentação de Lucas Ordoñez, o vice-presidente das águias recordou os embates entre Benfica e Barcelona na Liga Europeia e desejou que o argentino festeje na Luz.
“O Lucas [Ordoñez] já conhece o Benfica, já nos fez umas maldades, mas vai querer redimir-se. Vem de um clube tão ou mais ganhador que o Benfica, o Barcelona. O que pedimos é que vença no Benfica. Já ganhou muito e queremos que continue a ganharainda mais com a nova camisola”, recordou.
O dirigente benfiquista deixou, ainda, críticas ao novo modelo competitivo do Campeonato Nacional que entra em vigor já em 2018/19.
“O grupo da próxima época vai ter um trabalho difícil pela frente, pois o próximo calendário será desumano, com 40 jornadas no Campeonato Nacional, mais Taça de Portugal e Liga Europeia. Vamos, praticamente, jogar duas vezes por semana. Temos de estar preparados e por isso é que contratámos o Lucas Ordoñez”, sublinhou.
Lucas Ordoñez
E prosseguiu, reforçando: “Não concordo. É uma violência para os grandes clubes e penso que será também para os mais pequenos. Nem sei como vão suportar o custo das viagens. Isto do ponto de vista financeiro, mas em termos competitivos também não será muito bom, pois a liga era das mais competitivas, com seis/sete equipas que poderiam colocar alguma imprevisibilidade no campeonato e agora, devido aos orçamentos, haverá só três ou quatro na luta. Quanto a mim há um retrocesso. O modelo competitivo anterior era o mais correto.”
Sobre a constituição do plantel da equipa de hóquei em patins do Benfica, Domingos Almeida Lima não abriu o livro.

LUCAS ORDOÑEZ PARA O ATAQUE


HÓQUEI EM PATINS
Internacional argentino reforça a equipa de hóquei em patins do Benfica, depois de ter representado o Barcelona nas últimas três épocas.
O Sport Lisboa e Benfica informa que o internacional argentino Lucas Ordoñez é reforço da equipa de hóquei em patins para a época 2018/19.
É avançado, tem 30 anos e representou o Barcelona nas últimas três temporadas desportivas, nas quais ajudou o clube espanhol a vencer inúmeros troféus importantes, incluindo a Liga Europeia na época que findou.

Lucas Ordoñez, além da experiência adquirida em Espanha, tem passagens igualmente por Itália. Ao serviço da seleção da Argentina, foi campeão mundial em 2015 e conquistou a Taça das Nações em 2017.

Acompanhe ao longo deste dia tudo sobre o internacional argentino nesta nova etapa na sua carreira, nomeadamente a apresentação oficial pelas 16h30 na Sala de Imprensa do Estádio da Luz. O Clube deseja-lhe todo sucesso no Sport Lisboa e Benfica.
Lucas Ordoñez
CARREIRA
Cerdanyola (2007-2008)
Tenerife (2008-2009)
Follonica (2009-2010)
Club Patí Vic (2010-2012)
Liceo Coruña (2012-2014)
Valdagno (2014-2015)
FC Barcelona (2015-2018)
PRINCIPAIS TÍTULOS
OK Liga (2012/13, 2015/16, 2016/17 e 2017/18)
Liga Europeia (2017/18)
Taça do Rei (2015/16, 2016/17 e 2017/18)
Supertaça de Espanha (2010/11, 2015/16 e 2017/18)
Taça Continental (2011/12 e 2015/16)
Taça Intercontinental (2012)
Taça de Itália (2009/10)
Mundial (2015)
Taça das Nações (2017)

“SE NÃO ACREDITASSE NO TÍTULO, NÃO VINHA PARA O BENFICA”


ANDEBOL
O internacional macedónio deixa o Barcelona para reforçar a baliza do Andebol. Chega ao Clube com muita ambição e vontade de ser Campeão Nacional.
O guarda-redes Borko Ristovski é o mais recente reforço da equipa de Andebol do Benfica para a temporada 2018/19. Na conferência de Imprensa de apresentação, o internacional macedónio explicou o que o motivou a aceitar vir para a Luz.
Uma pessoa tem de ter sempre ambições. Chego para ajudar a equipa a ganhar o máximo de títulos possível. Esta é uma das razões para vir para o Benfica. Venho para lutar, dar 100% de mim e ser mais um para ajudar a equipa”, afirmou.
Proveniente do Barcelona, uma das mais fortes formações de andebol, Ristovski deixou, ainda assim, elogios ao novo clube e aos objetivos que lhe foram apresentados.
Juntar o projeto do Benfica e o Benfica como clube numa palavra, essa terá de ser: grande. Venho porque gostei do projeto apresentado, tem futuro e julgo que juntos vamos ganhar títulos”, sublinhou o atleta, que antes da apresentação esteve com o presidente Luís Filipe Vieira na SAD.
Para o guarda-redes não há dúvidas! O Benfica pode ser campeão de andebol e refutou eventuais diferenças de qualidade entre as águias e o rival Sporting.
Se não acreditasse que o Benfica pudesse ser campeão, não vinha para cá. Vi jogos entre o Benfica e o Sporting e não considero que haja tanta diferença em termos qualitativos. Acho que podemos lutar pelo campeonato e restantes competições, Taça de Portugal e Supertaça”, vincou de forma ambiciosa.
Os primeiros contactos com o Benfica e com as condições apresentadas deixaram-no impressionado.
“As primeiras impressões são de que venho para um Clube grande, que tem tudo organizado para que o jogador se centre só em jogar e ajudar a equipa. Lisboa é uma cidade bonita”, elogiou Ristovski.
Ristovski
CARREIRA DE BORKO RISTOVSKI
  • Barcelona (2016 a 2018)
  • Rhein-Neckar Löwen (2015 e 2016)
  • Créteil (2014 e 2015)
  • Al-Ahly (2014)
  • Gummersbach (2012 a 2014)
  • Algeciras BM (2007)
  • Teucro (2006 e 2007)
  • RK Metalurg (2003 a 2006 e 2010 a 2012)
  • RK Makedonija (1999 e 2000)
  • Jug (1997 a 1999 e 2000 e 2001)
  • Rabonitcki (1995 a 1997)
O internacional pela Macedónia explicou, ainda, o que o fez ser guarda-redes e revelou que gosta de sentir pressão.
“A responsabilidade é grande. Muitas coisas dependem do guarda-redes e a pressão tem de ser bem gerida. Esse foi um dos aspetos que me levaram a optar por ser guarda-redes, porque adoro ter pressão. Quando jogamos bem todos nos felicitam, quando jogamos mal todos nos criticam. É uma pressão bonita”, considerou.
Já sobre o nível do Campeonato Nacional de andebol, Ristovski reconheceu que houve crescimento nos últimos anos e lamentou que Portugal tivesse sido eliminado na qualificação para o Mundial.
O nível do andebol em Portugal subiu muito nos últimos anos. Tanto o Benfica como outros clubes têm apresentado projetos que dão maior importância ao andebol. É uma pena que a seleção de Portugal não se tenha qualificado para o Mundial, porque assim também os clubes poderiam crescer ainda mais na modalidade. Já vi jogos da liga portuguesa de andebol e o nível subiu muito”, observou.
Ristovski

Domingos Almeida Lima: “Que Borko Ristovski se sinta feliz no Benfica e nos faça felizes”

Na sua intervenção, o vice-presidente do Benfica começou por contextualizar a razão por que as águias optaram por investir num dos melhores guardiões europeus da modalidade.
“Reforço para equipa de andebol. Atleta conhecido mundialmente, que vem preencher um lugar muito importante. O guarda-redes é fundamental nos desportos coletivos, pois é onde começa a organização da equipa. É um esforço que o Benfica fez para trazer um jogador que estava no Barcelona. O objetivo é ganhar e queremos ter uma palavra decisiva a dizer nas provas nacionais, sobretudo no Campeonato. O grupo de trabalho fica mais enriquecido. Quero dar as boas-vindas ao Borko Ristovski e espero que se sinta feliz no Benfica e nos faça felizes”, esclareceu.
“O objetivo que todos temos é construir um plantel que chegue ao título. As renovações e contratações que o Benfica fez têm a concordância do treinador e restante equipa técnica. Estamos a fazer esse esforço para sermos Campeões Nacionais”, acrescentou.
Ristovski
PRINCIPAIS TÍTULOS DE BORKO RISTOVSKI
  • Campeonato da Alemanha (2015/16)
  • Taça do Rei (2016/17 e 2017/18)
  • Super Globe (2017/18)
  • Supertaça da Catalunha (2016/17 e 2017/18)
  • Liga ASOBAL (2016/17 e 2017/18)
  • Taça ASOBAL (2016/17 e 2017/18)
  • Supertaça de Espanha (2016/17 e 2017/18)

ANÁLISE ATUALIDADE DESPORTIVA SL BENFICA - BENFICA TV HD - 20 JUNHO 2018

                                           

PRIMEIRAS PÁGINAS


105 x 68 - BENFICA TV HD - 19 JUNHO 2018

                                           

terça-feira, 19 de junho de 2018