domingo, 31 de agosto de 2014

BENFICA - SPORTING : NOITE DE DÉRBI














3.ª jornada da Liga portuguesa

Benfica – Sporting: Noite de dérbi e de vitória das “águias”

O domingo, dia 31 de Agosto, é um domingo especial. É domingo do dérbi de Lisboa e todos os caminhos vão dar ao Estádio da Luz. A partir das 19 horas arranca o jogo dos jogos em Portugal e a Catedral vai estar a “rebentar pelas costuras”.

Neste jogo de nada serve a classificação, quem está melhor ou pior. Para além dos 11 para cada lado, jogam as emoções e o orgulho de vestir uma camisola. O jogo é de “tripla” e tudo pode acontecer, mas na Luz manda o Benfica.

Quase centenário, o primeiro encontro entre estes dois emblemas aconteceu no longínquo 1 de Dezembro de 1907 e desde aí, em todas as épocas, em todas as competições, já aconteceram 418 dérbis. O Benfica leva vantagem com 175 vitórias contra 159, marcou 705 golos e sofreu 675.

Se atentarmos apenas no Campeonato Nacional – prova que vai servir de mote para mais um dérbi – as “águias” venceram 76 dos 160 realizados e perderam 45. Aconteceram 39 empates. Na Luz, a diferença é ainda mais significativa, pois, em 80 jogos, o Benfica venceu 45 e apenas cedeu em 14.

Os treinadores Jorge Jesus e Marco Silva anteviram a partida, ambos querem vencer e para isso vão jogar as armas que julgam mais adequadas. No lado “leonino” destaque para a inclusão de Slimani nos convocados, o que pode indiciar a titularidade tendo em conta a “seca” de golos de Montero e o facto de o Sporting usar os corredores para alimentar o ataque. Uma referência poderosa poderá ser mais eficaz do que um avançado móvel. Este Sporting de Marco Silva cativou mais na pré-época do que o tem feito na competição oficial, mas nota-se que o jovem técnico quer a equipa a jogar rápido na transição, com um meio-campo forte, bem colocado tacticamente e que liberta André Martins para jogar mais perto do avançado, logo mais perto do golo. A jogar em contra-ataque, Tanaka pode ser uma solução.

Do lado benfiquista ainda não são conhecidos os convocados, mas as várias ausências por lesão levam a crer que o “miolo” vai ser ocupado por André Almeida e por Enzo Perez que terão, a espaços, o apoio de Talisca que deverá ocupar a posição de 9,5 no apoio a Lima. As alas estarão a cargo de Gaitán (esquerda) e Salvio (direita) e a defesa será a habitual. As dúvidas estão na baliza: Artur versus Júlio César e na posição mais recuada do meio-campo: André Almeida versus Samaris. O segundo é possível que vá a jogo mesmo que como suplente utilizado, já o guardião parece mais difícil de prever a titularidade.

Os “leões” não marcam golos na Luz há sete temporadas e as “águias” querem manter esse registo e marcar para vencer mais um duelo, colocando o rival a cinco pontos de distância na classificação. O dérbi começa às 19 horas, no Estádio da Luz.

Sem comentários:

Publicar um comentário