sexta-feira, 27 de novembro de 2015

PARA TER CERVI EM JANEIRO BENFICA TERÁ DE ANTECIPAR TRANCHE QUE VENCE EM 2016


Se quiserem ter Cervi já na reabertura do mercado, os 'encarnados' terão de antecipar o pagamento de três milhões de euros ao Rosario Central.

O acordo do Benfica com o Rosário Central para a transferência de Cervi estipula que o argentino só chegue à Luz no final da temporada, algo que Luís Filipe Vieira pretende antecipar.
A SAD 'encarnada' entende que falta ao plantel de Rui Vitória um extremo já na reabertura do mercado e, com a transferência já acertada com o Rosario, já terá iniciado contactos para que o jogador seja libertado em janeiro.
Segundo o jornal O Jogo, que contactou o vice-presidente argentino Ricardo Carloni, tudo estará dependente da antecipação do pagamento “já em dezembro de uma tranche que só venceria em 2016”.
O Benfica teria, assim, de pagar de uma só vez as duas primeiras tranches relativas à transferência, fazendo chegar ao Rosario Central um valor total de três milhões de euros.
Ainda que o clube português perceba que Cervi é peça essencial para o Rosario na luta pela Copa Libertadores, as dificuldades na aquisição de Andrija Zivkovic, que também só deverá viajar no final da temporada, quando terminar contrato, tornam imperativa a chegada antecipada do jogador.

Sem comentários:

Publicar um comentário