quarta-feira, 29 de junho de 2016

FUI MUITO BEM RECEBIDO NO CLUBE


“FUI MUITO BEM RECEBIDO NO CLUBE”

Cervi falou à Comunicação Social e revelou que “as expetativas são altas” face a uma equipa composta por “grandes jogadores”.
Dia 2 dos trabalhos da nova temporada marcado pela intensa atividade… testes físicos, testes médicos e um treino vespertino, cujos primeiros 15 minutos foram abertos à Comunicação Social.
E foi precisamente aos jornalistas presentes no Caixa Futebol Campus que Cervi prestou breves declarações.
O reforço argentino falou da forma como foi recebido e não faltaram elogios à estrutura e aos novos companheiros.
“Fui muito bem recebido no Clube e por todos os colegas de equipa e as expetativas são altas. Espero adaptar-me o mais rapidamente possível. Esta equipa tem um grande objetivo que é ganhar títulos”, começou por dizer.
O médio de 22 anos, ex-Rosario Central, recusou comparações com os compatriotas Di María e Gaitán e revela que o segredo para o sucesso é trabalhar muito para uma rápida adaptação.
"São grandes jogadores e espero chegar ao nível deles, mas primeiro quero adaptar-me o mais depressa possível. Passaram aqui grandes jogadores argentinos. Substituto de Gaitán? Não sinto essa pressão. Tenho antes de me adaptar o mais rapidamente possível", afirmou Cervi antes da sessão de treino.
“Gosto de jogar do meio-campo para a frente, de subir. Agora, tudo depende se vou ou não jogar. Estou surpreendido com todos. Há sempre competição mas são bons companheiros. Temos de dar o nosso melhor. Admiro todos os jogadores, ainda só fiz um treino e apercebi-me de que são grandes jogadores”, concluiu.

Sem comentários:

Publicar um comentário