terça-feira, 31 de maio de 2016

ESCOLHA DO BENFICA FOI UMA DECISÃO PESSOAL


Extremo de 22 anos chega à Luz para triunfar.
A poucos dias de chegar a Lisboa para representar o SL Benfica, Franco Cervi falou dos novos desafios que o esperam no futebol português. Contratado ao Rosario Central em setembro de 2015, o extremo argentino de 22 anos comentou a sua escolha pelo Benfica e não teve dúvidas de que fez a opção certa.
"Foi uma decisão pessoal. Primeiro surgiu o interesse do Sporting, depois o do Benfica, e fiz a minha escolha. Não estou nada arrependido, bem pelo contrário, tomei a decisão certa e vou para um clube lindo. Estou ansioso por chegar e por começar a trabalhar", afirmou Franco Cervi em entrevista ao jornal A Bola.
"Antes de mais é um orgulho ir para um clube onde têm passado grandes jogadores como os que mencionou (Aimar, Saviola, Enzo Pérez, Salvio, Di María e Gaitán). Por outro lado é uma pressão linda poder seguir as pisadas deles. Sei que tenho de dar o máximo e oxalá possa ajudar e corresponder. Não sei se vou atingir o mesmo nível, porque estamos a falar de jogadores consagrados, com grandes carreiras, mas espero fazer as coisas bem", referiu Cervi sobre a pressão de seguir a pisada de outros jogadores argentinos.
"O Benfica tem uma grande equipa e grandes jogadores. Na frente há Jonas, Mitroglou, Jiménez, depois há Gaitán, Renato Sanches, Salvio, todos grandes jogadores. Estou muito feliz por ter esta oportunidade de jogar no Benfica, tenho muitas 'ganas' e espero dar o melhor ao clube e aos adeptos", disse o extremo de 22 anos.
Em relação à festa do título no Marquês de Pombal, Franco Cervi assumiu que viu as imagens de Lisboa pintada de encarnado e que para o ano gostaria de estar na famosa praça lisboeta.
"Vi milhares de adeptos numa praça gigante de Lisboa onde também estavam os jogadores. É algo muito lindo de ver e deve ser ainda mais lindo de viver!"
Reforço do Benfica para a próxima época só tem uma preferência em relação ao número da camisola, o número 10.
O extremo argentino, Franco Cervi, está atualmente de férias depois do final de temporada ao serviço do Rosario Central, mas já pensa na sua nova aventura no Benfica.
Em declarações ao jornal Record, o reforço encarnado para a próxima época revelou o desejo de suceder a Gaitán na linhagem da camisola 10 do Benfica e mostrou-se motivado por um novo desafio.
"Aqui no Rosario Central habituei-me sempre a jogar com a camisola 10, quando chegar a Lisboa veremos o que acontece. Não sei se vai estar disponível [risos]. Se não estiver não tenho qualquer preferência", afirmou Cervi quando questionado sobre que número preferia usar na camisola.
"Só terminámos agora a temporada, ainda nem penso na próxima... Mas sim, felizmente já estou de férias e tenho aproveitado para descansar e para estar com a minha família e com os meus melhores amigos. Vou começar em breve uma nova aventura no futebol português e tenho de aproveitar estes próximos dias ao máximo", disse sobre as expectativas para a próxima época.
Questionado sobre a data em que tem de se apresentar no Seixal, Franco Cervi confessou que ainda não foi contactado pelos dirigentes do Benfica, mas que espera estar em Portugal no final do mês de junho.
"Como estou de férias há pouco tempo, ainda estou à espera que me informem sobre isso. Mas, pelo que já percebi, creio que terei de estar em Portugal apenas no final de junho para iniciar os treinos", frisou Franco Cervi.

Sem comentários:

Publicar um comentário